Chá Verde – Apresentação

post

Em um post anterior, expliquei sobre os tipos de chá.  Vou continuar uma sequência de posts falando sobre cada um deles de maneira mais específica, começando pelo chá verde!

O chá verde é composto de folhas da planta do chá, a Camellia Sinensis, e o que diferencia o chá verde do preto, oolong, pu’er etc é o seu nível de oxidação baixa. Existe uma gama quase infinita de variações de chá verde. Na China, a maioria varia de acordo com a região onde é produzido e o processamento, já no Japão, são definidos de acordo com a forma de criação, processamento e colheita. Fora desses países, caiu no gosto dos ocidentais consumi-los misturados a essências ou em blends com outras ervas, flores e frutas, então acabam recebendo nomes especiais de acordo com blend e marca.

Se você que acha o chá verde muito amargo e não curte muito esse tipo de chá, continue lendo, pois vou mostrar que ele é bem saboroso!

oxidacao-fermentacao

 

Chá Verde no Japão e na China

Na China e no Japão, é possível encontrar uma infinidade de tipos de chá verde e o sabor deles varia muito! Tem chá verde com notas mais vegetais, algumas parecem alga, mas também tem frutado, amadeirado, outras até com notas de nozes e castanha. Porém, o Japão é definitivamente o país do chá verde. Eles praticamente só produzem esse tipo de chá, o consomem de diversas formas e ainda exportam. Também é altamente consumido na forma de matcha, um chá verde que é triturado até virar um pó bem fino. 

green-gyokuro Gyokuro : Considerado o melhor entre os chás japoneses. As folhas normalmente são planas e pontudas, proporcionando sabor suave a fragrância leve. Nas últimas semanas antes da colheita, as plantas são cobertas e ficam à sombra, o que estimula uma maior produção de clorofila.

 

green-sencha Sencha : Esse é o chá do dia a dia no Japão. Existem qualidades e tipos variados, no caso desse chá, ele é cultivado com luz direta do sol em todo o tempo de produção.

 

green-bancha Bancha : Um tipo de chá não muito usual, que é colhido no final da estação, entre verão e outono. As folhas são maiores e mais duras. Durante a colheita, os caules e talos são retirados junto com as folhas. É conhecido por ter um sabor mais fraco que os demais chás.

 

green-matcha Matcha : É um chá triturado até ficar parecendo um talco. Manufaturado na região de Uji. Esse chá se desenvolve prioritariamente à sombra. É comumente utilizado na Cerimônia Japonesa do Chá.

 

hojicha-green Houjicha : são folhas de chá verde que são assadas, adquirindo um tom amarronzado. O sabor do chá tende a ser de noz. O processo de torrefação colabora para reduzir os níveis de cafeína do Houjicha.

 

green-kukicha Kukicha : Chá feito a partir de talos e folhas do chá. Um chá muito incomum, com um sabor de castanha, devido à adição desses galhos na infusão.

 

green-genmaicha Genmaicha : Conhecido como “chá de pipoca”. Ele na verdade é um sencha que é aquecido em um tipo de wok enorme, depois é misturado a arroz torrado. O processo para torrar o arroz faz com que alguns deles “pipoquem” dai vem seu apelido. Dizem que no passado esse chá era tomado pelas classes mais pobres do japão, pois como o custo do chá era alto, eles completavam com o arroz pra baratear o chá. Hoje em dia é consumido por todas as classes.

Na China, alguns chás verdes que viraram tradição, conheça:

gunpowder Gunpowder : Esse é um dos tipos de chá verde chinês mais populares. Ele cresce principalmente na provincia chinesa de Zhejian, apesar de que plantações deste chá ja estão se espalhando para outros lugares na China. Uma de suas características, é que, após processado, as folhas se parecem com pequenos bolinhas de chumbo. Essas bolinhas se abrem durante a infusão.

 

dragonwell Long Jing (Dragonwell) : Esse Chá é comumente conhecido como Dragonwell, provavelmente seja seu apelido ocidental. Suas folhas ficam achatadas após o processamento e com uma coloração verde, levemente amarelada. É um chá verde bem popular.

 

green-pi-lo-chun Pi Lo Chun (Green Snail Spring) : Outro chá verde chinês bastante unico e de certa forma raro, é cultivado na provincia chinesa de Zhejian, e cresce arvores de ameixa, damasco e pêssego. Isso permite que as folhas adquiram a fragância das flores dessas árvores. As folhas deste chá são enroladas, e ficam com uma aparência que lembra um caracol.

 

green-snowy-mountain Snowy Mountain Jian :Esse é um chá que cresce em lugares de grande altitude na província de Yunnan, na China. Possui folhas alongadas e apesar de ser um chá verde, ele é processado de maneira um pouco diferente de outras chás verdes, proporcionando um sabor mais encorpado, similar ao dos chás pretos. 

Fonte e imagens: http://www.teadiscussion.com/

É possível encontra-los nos mercados da Liberdade ou na internet, dos chineses é possível comprar alguns deles no site da Chá-yê ou você pode procurar no Aliexpress, o problema é saber se as marcas são de qualidade.

Preparos

O que percebi com a experiência é que os chás menos oxidados (verdes, amarelos, brancos) são os mais sensíveis no preparo, quando você não segue a risca o tempo e a temperatura, a chance do chá desandar e muito grande, a folha pode acabar cozinhando, e vai ficar muito amargo, especialmente se for um chá verde puro a granel (notei que os de saquinho resistem mais, só que o sabor deles tende a ser mais suave).

Então fica a dica, siga as instruções da embalagem, e na dúvida se não souber como preparar, segue essa instrução:

TABELA PREPARO-01

O chá verde é muito bom para se consumir gelado também, eu costumo fazer varias jarras com a mesma erva e colocar na geladeira, ou se quiser fazer um copo chá gelado ultra fast, use metade da  água necessária na infusão, espere o tempo da infusão normalmente e complete o copo com gelo, pode deixar a erva/saquinho no copo que o sabor vai ficando mais pronunciado. Outra opção é pegar a água já gelada e colocar a erva/saquinho e esperar um tempo (vai depender do chá), não vai ficar exatamente um chá, mas uma àgua saborizada muito gostosa (essa técnica é muito boa para infusões).

O assunto é longo, então teremos mais posts com o tema Chá Verde, se tiverem alguma dúvida, comentem!

Até lá!

Author: Cris Viana

Cris é muito curiosa, e de tanto beber chás, resolveu seguir as trilhas de chá para descobrir as origens dessa bebida fascinante. Adora se expressar visualmente e vai utilizar disso para mostrar a vocês tudo sobre o chá.

Share This Post On